A ideia para esta iniciativa surgiu no ano de 2005 num santuário em Caracas, capital da Venezuela. Quando várias crianças aí rezavam o terço, algumas das mulheres presentes sentiram uma profunda experiência da presença da Nossa Senhora. Uma delas pensou logo numa promessa do Padre Pio: “Quando um milhão de crianças rezarem o terço, o mundo irá mudar.”

O principal objectivo da iniciativa é mostrar que a oração confiante das crianças atinge, como uma flecha, directamente o coração de Deus e, por isso, tem um poder tão grande. Assim, a oração do Rosário pelas crianças para a paz e unidade nas famílias, no país e no mundo inteiro é realmente eficaz. O Santo Papa João Paulo II escreveu na sua Carta Apostólica sobre o Rosário: “O Rosário é, por natureza, uma oração orientada para a paz. Precisamente porque esta oração consiste na contemplação de Cristo, que é a «nossa paz». Assim, o Rosário é oração de paz também pelos frutos do amor que produz. Pelas suas características de petição insistente e comunitária, em harmonia com o convite de Cristo para orar sempre, permite-nos ter esperança de que, também hoje, se possa vencer uma “batalha” tão difícil como é a da paz.